Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos Eroticos » Incesto » Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte III

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte III

Publicado em setembro 3, 2019 por HolyGurl

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte III

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha - Parte III

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte III

Para quem vem acompanhando meus relatos, prosseguirei continuar descrevendo como eu: Ana, descobri na puerícia meu palato pelo voyeurismo.

Particularmente ouvindo meus pais transarem como eu fazia escondida no banheiro, para onde as paredes eram mas finas eu podia me masturbar também.

Não preciso manifestar que aquilo estava virando uma preocupação eu não conseguia descontinuar de imaginar como seria vê-los foder ao vivente.

Era o que eu mas queria…

Certa noite obtive bastante mas do que imaginava isso que prosseguirei relatar agora: era uma noite de sábado fui tocada cedo para a leito com a desculpa que um par de amigos veria nos visitar.

Eram Pedro Marta que eu já conhecia.

Pedro devia ter uns quarenta poucos anos marta em derredor de trinta.

Ela estava gravida, sexto ou sétimo mês de gravides se tornara uma senhora loura redondinha.

Meio a antipatia lá pelas 10 da noite fui para meu quarto.

Não sei porque conquanto acho que lá pelas duas da madrugada não conseguindo dormir resolvi descer.

Me espantei descobri que não havia absolutamente ninguém na vivenda…

no mínimo não para onde eu estava, porque comecei a procurar por todo planeta ouvi vozes que vinham da garagem… (nossa garagem era fechada a porta da lavanderia dava para ela).

Abri lentamente a porta espiei… Que espetáculo!

Acolá estavam papai Pedro sentados no solo sobre um colchão (que havia sido arrastado para lá) no meio marta com as tetas de fora do vestido sendo apalpada pelos 2…que vagabunda!

Mesmo gravida …eu não acreditava… o pior: mamãe algo mas adiante dançava para os três…

Ela já nua se mostrando… Eu não podia pensar… especialmente marta a incentiva dizendo:

Vai putinha mostra a boceta para nos mostra!

Olha Pedro, olha que boceta gostosa…

Junto que você almeja chupa-la, não almeja?

Só se você dessem a sua para a gente chupar namorada.

Papai que já estava com seu moca fora da calça viravolta meia beijava o pescoço de marta concordou:

Isso Pedro da uma boa chupada nela…

isso eu prosseguirei me divertir…

O divertir dele foi recostar minha mãe na parede socar aquela tora na sua boceta.

Por último eu pude vê-los no ato.

Que coisa mas excitante.

Meu pai metendo na minha mãe de pé segurando-a pela cintura, o companheiro lambia a boceta da esposa.

Minha mãe gemia tão elevado que parecia que ia explodir:

Me fode seu pacóvio…

Me arrebenta…

Soca! Soca na boceta!

Papai aconselhava:

Vagabunda! Puta!

Você gosta não é mesmo?

Diga que gosta de levar pau sua cadela…

mamãe respondia:

Eu adoro! Adoro!

isso, Pedro já havia reclinado a senhora barriguda no pavimento metia na sua boceta sem do.

eu???

Bom…eu já estava com os dedos a bastante tempo enfiados na minha xota.

Quem não teria constituído o mesmo?

A cena era tão fantástica que parecia saída de um filme pornô dos mas pervertidos…

Porém o melhor estava por caminhar ainda…

266 views

Contos relacionados

Irmão e meia-irmã gostosa sozinhos em casa

A minha mãe morreu eu tinha 10 anos. O pai eu vivemos sozinhos durante anos após ela passar. O pai não namorava bastante, porém ocasionalmente encontrava alguém saía. este conheceu Francine eles...

LER CONTO

Mãe Ensina Filho Transar Dando a Buceta Dela

A Janey sentou-se avante do fruto na mesa da cozinha, a vê-lo a engolir o jantar surfava no telemóvel. Ela abriu a boca para falar várias vezes, porém voltou a um silêncio pensativo depois...

LER CONTO

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte I

Mãe, Pai e Filha - Parte I - Conto de Incesto Familiar Me chamo Ana, atualmente tenho 37 anos, sou casada o que prosseguirei racontar se passou há nem mais nem menos 22 anos faz secção da minha...

LER CONTO

Eu Adoro Bolas Flácidas

Sabor mesmo, paladar de bolas peludos! Quanto mas grave pendurarem, melhor! Deixa-me explicar. Em primeiro lugar, sou uma senhora, uma senhora de 43 anos, para ser perfeito. Olhando para trás...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?
© 2020 - Contos Eroticos