Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Contos Eroticos » Incesto » História incestuosa de família Karen e Scott

História incestuosa de família Karen e Scott

Publicado em janeiro 28, 2020 por HolyGurl

O titio Mike olhou de mim para a Karen, respirou soltou-o com um suspiro.

“Prosseguirei encetar pela tua mãe…”Este começou. …”visto que acho que vocês os 2 vão escutar melhor.”terminando com um sorriso.

História incestuosa de família Karen e Scott

A Karen eu olhámos um para o outro depois olhámos para o nosso titio.

Jovens Swingers, Sexo entre sogros, sexo entre irmãos, incesto gay…as histórias sobre os próximos 2hrs tiveram tudo bastante mas! Contaram – nos varias actividades sexuais que aconteceram nas festas do Swinger…incestuoso, Bissexual, Lésbica, gay, gangbangs, trens, mas incluindo combinações de toda gente eles.

“Logo toda a nossa família era incestuosa bissexual?”Karen perguntou, Inclinada de viravolta em uma mão, joelhos para cima, pés abertos, 2 dedos trabalhando dentro fora de sua cona.

O titio Mike eu estávamos a afagar as pilas, não só ao ver a Karen a saborear a rato dela.

“Eu jokingly diz-lhe que a maçã não cai longe da árvore.”Este diz com uma riso

“Fui recluso devido a um sócio duvidoso que me deixou com a importuno na mão.”O titio Mikes tone está a mudar compreensivelmente. “Vocês tinham por volta de 5 anos.”

“Um ano depois, acabaram-se as cartas da Mana.”Já absolutamente ninguém se auto-satisfazia. “4 anos depois descubro que sou o último da nossa família.”

” 9 anos depois cá estás a masturbar- com os teus sobrinhos há bastante perdidos.”Karen diz alegremente com um sorriso colocando 2 dedos de viravolta para trabalhar em sua rato.

Rindo, o titio Mike diz: “Correto! Círculo completo, acho eu!”

“Há quanto tempo andam a foder?”O nosso titio diz:

“Muito,” eu falei trémulo. “Na realidade, nunca o fizemos. Nem por consequência.”

“Muita onanismo mútua”, acrescentou Karen. “desapareces fingering of each other and desaparece sucking & licking.”

“Logo vocês nunca se foderam?”O titio Mike perguntou. ” mas alguém?”

“Muito…”Eu a Karen começámos a manifestar com vergonha, fazendo com que parássemos olhássemos um para o outro.

Um e outro admitimos que coisas sexuais nos obrigavam a fazer-lhes…embora nenhum de nós tivesse outra coisa além da boca penetrada.

A Karen eu ficámos de pé abraçámo-nos. Senti uma pressão tão extensa a comportar o que me tinha realizado. Senti uma tensão libertada pela Karen.

Havia uma novidade pujança entre mim a minha mana gémea.uma novidade paixão cresceu.

A Karen meteu-se entre nós, a enfardar a mão na minha pila. Ela, logo, enrolou uma perna detrás da minha começou a esfregar a minha pila na sua rato quase fumegante.

A rodar as ilhargas para a na frente de, o meu moleira de Pila deslizou entre os lábios de ratazana das minhas irmãs.

A Karen soltou-me a pila inclinou-se para trás, enrolou as ilhargas na minha direcção.

A minha pila escorregou meio para a rato molhada das minhas irmãs.

As mãos do Karens estavam atadas na secção de trás do meu pescoço. Agarrei-lhe as duas bochechas do rabo, levantando-a do convés de madeira à girata da banheira quente, dei um passo em na frente de, colocando-a no mainel do Coreto. A qualquer golpe, entrei mas altura na minha mana. As mãos dela agora a escorchar-me o pescoço os ombros o hímen se rompia, fazendo com que a minha mana estremecesse choramingasse.

A minha pila estava enfiada na ratazana das minhas Gémeas. Já nenhum de nós é Virgem. Os tornozelos dela trancados detrás da minha cintura. me retirava, ela puxava-me profundamente com as pernas.

De quando em quando longas tacadas longas lentas, de quando em quando rápidas tacadas curtas, raramente parávamos com a minha pila de 9 polegadas no fundura da minha mana…Ela a considerar a sensação a minha espessura de 2 polegadas.

A nossa foda foi adicionada por vermos o nosso Titio a aproximar-se de nós. Afagar a pila dele que parecia ser um clone meu.

“Mete-o no meu rabo.”A Karen diz ao nosso solteirão Mike que estava ofegante.

Com pouco mas de 1,80 m, teve de se baixar ligeiramente para ter a pila o cu do Karens após eu a ter tirado do grade.

Conseguia sentir as minhas irmãs a relaxarem à girata da minha pila ela tentava descontrair o cu o suficiente para tirar a pila aos nossos tios.

Conseguia sentir a pila dele a -lhe no rabo pela sensação dentro da Ratazana dela pelo aperto que ela estava a fazer à girata do meu pescoço.

O titio Mike, lentamente habilmente, começou a trabalhar a pila mas altura fora do rabo das minhas irmãs.

A Karen apertou a ratazana à girata da minha pila começou a nela. Estava agora a foder a minha mana com o nosso solteirão.

Num minuto, o primeiro de vários orgasmos atingiu a Karen. Acho que ela já não controlava o corpo ou os sons. As suas lamentações de prazer ecoavam pela vizinhança a qualquer orgasmo. Tanto o titio mike como a minha pila estavam em ritmo profundo a foder-lhe os buracos ela me usava para alçar encolher-se. Eventualmente, virando os ombros para abraçar o nosso solteirão, juntando as nossas caras.

A Karen alternava, entre Orgasmos, a língua a tocar o solteirão Mike eu.

Conseguia sentir os seus sucos a fluir pelas minhas pernas de qualquer um dos seus orgasmos.

Vi face do Solteirão Mikes a estrear a parecer flush. Este a empuxar o rabo das sobrinhas para fora do ritmo com o meu na rato dela. Com um vagido profundo número reduzido de golpes poderosos, encheu o cu do Karens com sêmen. Um minuto depois, este ainda deslizava lentamente para dentro para fora do rabo dela, outro orgasmo chorão correu através do corpo das minhas irmãs. Eu também vim no instante quando ela veio. Enchi a minha mana com mas sêmen do que pensei que o meu corpo pudesse fabricar.

Mas cinco minutos de sexo duplo a Karen estava exausta. Lentamente, as pernas dela libertaram-se da minha cintura. O titio Mike eu baixámo-la para o convés. O Cum jorrou da Ratazana do rabo dela. Ela não se importava. Coxo ofegante, ela deitou-se numa combinação dos seus próprios sucos de rato, os seus irmãos vêm-se, os seus tios vêm-se.

O solteirão Mike ajoelhou-se pôs-lhe a minha pila na boca. Era meio teso resguardado de sucos meus das minhas irmãs.

A boca hábil dos meus tios a excitação de tudo voltaram a -me teso em poucos minutos.

Karen, face dela só a um pé da Pila dos tios que lhe tinha envergonhado no cu, podia fazer pouco mas do que permanecer lá deitada ver o irmão gémeo a aceitar um broche do seu ainda agora-encontrado solteirão.

15 minutos o titio Mike estava apaixonadamente a entregar cabo da minha pila. Tinha-me encabulado 2 dedos no rabo massajava-me a próstata.

Vi que a Karen tinha força suficiente para utilizar agua do Jacuzzi para lavar a pila dos tios começou a chupá-la.

Ver a minha mana a chupar a pila do varão a chupar-me a pila foi uma visão que provou ser muito. Agarrei na carola dos meus tios enfiei-lhe violentamente a pila pela gorgomilos com qualquer vaga de orgasmo. Este engoliu todo o meu sêmen sem obstáculos.

Encostei-me ao mainel para ver a minha mana chupar o nosso solteirão, só para o ver reposicionar num 69 revirado. Este começou a lamber a rato enxurro de sêmen do Karnes face a fodeu. Os tomates dele começaram a -lhe na testa ela relaxou a gorgomilos o suficiente para lhe incorporar a pila pela goela .

Só demorei 5 minutos até o solteirão Mike incorporar o sêmen na goela das minhas irmãs. Ela teve 3 Orgasmos nesse tempo.

De antemão que o meu solteirão pudesse transpor de cima da minha mana, agachei-me enfiei-lhe a pila pelo cu . Deixando transpor um lamento doloroso, este correu para a na frente de até ao quesito quando os seus tomates estavam Karens chin os meus estavam a -lhe na testa.

Este enfiou face de viravolta na virilha dela eu continuava a lavrar-lhe o rabo.

Conseguia ouvir a Karen a ter orgasmos vezes sem conta do Titio Mikes a falar durante os 15 minutos quando o estava a foder.

Sentia que as bolas contraiam com qualquer petardo de sêmen que dava no rabo do Solteirão Mikes.

Retrair a minha pila para fora fez com que uma inundação de sêmen jorrasse do rabo do Solteirão Mikes cobrisse rosto do Karens.

Sentei-me para trás este sentou-se gentilmente ao lado da Karen.

Ela escorregou para dentro da banheira. ela se limpou, ela exclamou: “sua vez Scott! És o único que ainda não teve uma pila enfiada no cu!”

O titio Mike sorriu. “Sim…É a tua vez…porém você também não teve um em sua boca hoje em dia!”

“Muito…a partir de que chupei pilas”, diz me mudei para o jacuzzi. “Acho que está na hora de levar com uma no rabo!”Exclamei me inclinei para o lado, pernas na agua.

O titio Mike entrou pôs-se em cima de mim. este se inclinou, a Karen guiou a pila dele o meu cu.

“Agora tenta relaxar, mano.”Ela diz que eu senti a moleira de pila a ser esfregada no meu cu. “Isto será uma dor aprazível!”

Fiz o meu melhor para relaxar, a testa obesa apareceu no meu rabo, soltei um lamento como a minha mana lhe tirei a cereja. O solteirão Mike trabalhou dentro fora do meu rabo até estar referto de tomates. A sensação foi fantástica.

“Faz de mim a tua puta, titio Mike!”Gritei.

Ouvi a Karen exclamar: “isso é tão excitante!” o solteirão Mike começou a -me no rabo.

Eu sei que este foi mas gentil fodeu com as minhas irmãs, porém eu estava a gostar do coça inesperado que o meu titio me estava a conceder. É a vingança pela pancada que lhe dei, acho eu.

Nos próximos 20 minutos quando o meu solteirão me bateu, a minha mana acariciou-me um par de vezes. o solteirão Mike por último encheu as minhas vísceras com o que parecia um l de sêmen, eu estava pronto para uma pausa.

O ocaso estava sobre nós o Galo foi removido do meu rabo. Rastejei para fora deitei-me no convés.

O titio Mike viu as mensagens.

Karen fez o seu melhor para não só esticar o cabelo, porém para conseguir o maximo de sêmen que ela poderia lavar a arrebentar dele.

Pensei no facto de a Kathy o Bill estarem a chegar do restaurante em breve.

“Tenho de ir para moradia. Pequeno número de coisas precisam da minha atenção pessoal no trabalho amanhã.”Diz o titio Mike.

” voltas?”A Karen perguntou.

“Vai demorar uns dias.”O solteirão Mike respondeu, acrescentou:” vocês podem descer se quiserem.”

“Não vejo porque não.”Eu diz com um sorriso. “Deram-nos uma semana de folga.”

198 views

Contos relacionados

Tomando Banho Com Meu Filho Safado

Tomando Banho Com Meu Filho Safado     Me chamo Deise meu rebento Luis, Tenho 43 anos , viúva , branca 1,70, olhos cabelos castanhos claros 67 kg, já meu fruto possui 23 anos,...

LER CONTO

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte IV

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha - Parte IV   Sinto por ter interrompido meu último informe, porém não sou de ferro início a me lembrar daqueles dias…super… Sou obrigada a...

LER CONTO

Comendo a Família Inteira: Conto de Sexo em Família

Bem caros leitores, estou de volta, para quem não leu como minhas experiências anteriores ; eu já trepei com a minha sogrinha, minha cunhada, uma amiga de acusação oficial de minha sogra, uma tia...

LER CONTO

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha – Parte III

Conto de Incesto com Mãe, Pai e Filha - Parte III   Para quem vem acompanhando meus relatos, prosseguirei continuar descrevendo como eu: Ana, descobri na puerícia meu palato pelo...

LER CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 1 = ?
© 2020 - Contos Eroticos